segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

FENOMENO...

ASSISTIMOS HOJE O FIM DE UMA ERA...
O FENOMENO DE HOJE, AGORA SERA O FENOMENO DE ONTEM...
O CRAQUE PERDE O JOGO PARA O CEREBRO... O MESMO CEREBRO QUE COMANDAVA AS PERNAS, OS BRAÇOS, O CORPO.
VAI DORMIR EM BERÇO ESPLENDIDO, AO SOM DA LUZ E DO MAR PROFUNDO...
ADORMECE UM GENIO...  E ACORDA UM HOMEM.
HOJE BOA PARTE DO MUNDO ASSISTIU PERPLEXO E COMOVIDO SUA DESPEDIDA...
MAS NAO FOI UMA DESPEDIDA ETERNA.
FOI APENAS UM INTERVALO, O MESMO INTERVALO QUE COMANDOU A VIDA DO MENINO SUBURBANO QUE GANHOU O  MUNDO.
E NO DO ROSTO DO HOMEM ROLOU UMA LAGRIMA INFANTIL.
GENIO DE TANTAS GLORIAS, DE TANTAS HISTORIAS, DE ALGUNS ESCANDALOS...
E O POVO FICOU LONGE... DEVERIA ESTAR AO LADO... NA FRENTE...
MAS NAO FOI ASSIM...
FIQUEI TRISTE... MAS FAZER OQUE... É MELHOR TER COINCIENCIA AGORA DO QUE CAIR NO OSTRACISMO AMANHA... ELE FEZ MAIS UM GOL...
VIMOS OUTRA VEZ A REDONDA... CRUZAR AS LINHAS E SER DEPOSITADA PELAS PERNAS DE DEUS NO SEU DEVIDO LUGAR...
A ETERNIDADE DO GOL.

Nenhum comentário:

Postar um comentário